Posts Em Destaque

GATO, PLANTA, PÁSSARO

February 8, 2016

Ela me ensinou como recolher o cocô do gato com a pequena pá na areia. Depois me mostrou onde ficava a escovinha pra pentear o pelo do gato. Disse que eu deveria penteá-lo a cada dois dias. Se eu não o fizesse ele mesmo faria. Mas não com a escovinha e sim com a língua áspera absorvendo bolas de pelo que em breve ele cuspiria como num ataque epilético. Era melhor poupar o gato de tal agonia. 
Depois voltou os olhos para as plantas. Orquídeas. Explicou como regar cada uma. Disse que cada uma tinha um jeito certo. Disse que cada uma merecia um tipo de atenção. Perguntei se as plantas tinham nome e ela disse orquídea. Não entendeu minha piada. E me pediu pra conversar com as plantas sempre que possível. Eu ri achando que ela fazia piada e ela me olhou desconfiada.
Em seguida ela me mostrou onde ficava o alpiste do passarinho amarelo com topete. Disse que tal como o gato e as plantas, ele merecia carinho. Perguntei se ele tinha nome e ela disse Popeye. Não entendeu minha piada.
Aí disse que era importante abrir as janelas ao amanhecer pra entrar o dia na casa. Isso era bom para Popeye, para as orquídeas e para o gato. E pra mim também, eu respondi. Ela me olhou desconfiada. Não entendeu minha piada.
A última recomendação que me deu foi fechar todas a janelas ao sair. Chuva não combina com carpete, disse apontando o chão branco. Respirou fundo e disse que era só isso. Só isso. Olhou para o gato com afeto, para as orquídeas com afeto, para Popaye com afeto e pra mim com desconfiança. Popeye olhou o gato com desconfiança, o gato olhou as plantas com indiferença e as plantas balançaram com o vento que vinha da janela aberta que também agitava a cortina. Acompanhei-a até o elevador torcendo para que no último tchau o seu olhar fosse ao menos um pouco afetuoso, como seu olhar para os outros seres vivos daquela casa. Mas ela parecia absorvida demais checando se o passaporte estava na bolsa. Tchau, ela disse apertando o T e respirando aliviada ao encontrar o passaporte. Tchau, eu disse soltando a porta marrom que fechou com pressa sem me deixar ver seu último olhar. Foi quando o elevador desceu que eu me lembrei de perguntar o nome do gato.

Please reload

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Recentes

November 6, 2019

September 17, 2019

September 12, 2019

September 9, 2019

August 19, 2019

August 12, 2019

August 5, 2019

August 2, 2019

June 16, 2019

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square