Posts Em Destaque

ÓDIO?!?

April 13, 2016

O MÍNIMO QUE VOCÊ PRECISA SABER PRA ODIAR. Olavo de Carvalho. Aprenda com o mestre do ódio. Ele é professor disso. E apenas disso. De ódio. Do ódio. Com ódio. Para o ódio. Paranóico, obsessivo e ressentido, ele conseguiu virar o redator desse ódio inconsequente e irracional que vivemos atualmente no Brasil. Pra ele tudo que se opõe a seu pensamento ultra-liberal merece ser destruído. Digo mais: expurgado. Com seu discurso a um só tempo assustador e assustado, ele não combate de fato a esquerda brasileira. Ele combate a União Soviética do Stálin. Mais que isso. Ele observa o muro de Berlim. E cria uma espécie de macartismo tupiniquim. E com sua ideia fixa chamada Foro de São Paulo ele criou uma dramaturgia própria que passou a ser reproduzida por novos/velhos odiosos. A tal polaridade sempre existiu e sempre existirá em todos os lugares do mundo. O que surpreende atualmente no Brasil não é a polaridade e sim a postura agressiva proveniente do ódio que (pra mim) foi formulada por esse “professor”. Pois esse discurso disseminado inflamado e exigindo morte e fim das esquerdas foi forjado por ele. Porque o ponto não é a discordância. Isso tem que existir e fazer parte de uma sociedade democrática. Debatamos. Mas com tal retórica isso é impossível. Os odiosos babam (literalmente) fúrias pré-fabricadas. E colocam em pauta “quem vai morrer primeiro”. Muitos dos que reproduzem esses discursos talvez nem tenham ouvido falar dele, do tal Olavo. Mas é possível perceber que tais babadas palavras formatadas são meras reproduções BOVINAS do tal odioso senhor. 
Cuidado: você pode ter virado um zumbi com ideias fixas repetindo slogans com olhos sanguinários de vampiro de filme B.
Obs.: não gosto de citar nome daquilo que merece o ostracismo. O poder que damos ao compartilharmos tantas ideias abomináveis mesmo que pra discordar de tais discursos, é fundamental pra disseminação de tanto ódio. Mas precisei dar nome aos bois (ou ao que rege a boiada).
Obs.2: com isso não digo que os que discordam de corrupções e afins (sou um desses) ou que querem a saída da presidente (não sou um desses) sejam regidos pelos discursos do “professor”. O ponto, repito, não é a dialética e sim a falta dela que tal postura proporciona.
Obs.3: se você me odiou ao ler isso, seu pescoço talvez tenha as marcas do dente do vampiro da ultra-direita. Veja lá no espelho (ops, vampiro consegue se ver no espelho?)?!

 

Please reload

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Recentes

November 6, 2019

September 17, 2019

September 12, 2019

September 9, 2019

August 19, 2019

August 12, 2019

August 5, 2019

August 2, 2019

June 16, 2019

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square